Acerca de mim

A minha foto
Castelo Branco, Portugal
Subtilmente rebelde, mas profundamente rebelde; sinto muitas vezes necessidade de ser do contra, mas não apenas por ser... mais para manifestar a minha opinião, mesmo quando, e sobretudo quando, sei que ela não vai agradar... é uma forma como outra qualquer de conquistar espaço... preciso dele. Muito.Endiabrada, individualista e egocêntrica, mas não egoísta: profundamente generosa para com quem eu acho que merece. Extremamente espaçosa (psicologicamente obesa)... não me entalem que eu arranho!! Sou feliz, felicidade que só faz sentido porque acompanhada por um profundo sentimento de revolta pelo pouco que o ser humano faz para combater o seu triste e natural estado de ignorância... pouco e mal. Sorrio pouco, mas rio-me muito. Consigo até ser uma pessoa bastante paciente e tolerante também (se me apetecer...). Faço da minha vida uma eterna busca de me procurar, de me encontrar e de me transcender. Procuro ser, acima de tudo, fiel a mim mesma - não me venham com preconceitos ou estereótipos. Temo apenas uma coisa nesta vida: os dias todos iguais. Strong porcelain made.

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Betrayal


Inside me there was a little traitor. He used do tell me I could trust him, and then he betrayed me. He used to tell me I was safe, and then I was not. And I allways fell for it, like if I was stupid, and maybe I was. Because I believed in that voice, that terrible voice that I couldn't help on following. It was stronger than I was, and led me to do things I didn't uderstand... Sometimes I understand... but most of the times it hurts. That little traitor.


He used to lie to me about everything, and he loved to lie to me about what I held most dear... and then, when the skies fell upon my head, he said to me that it was necessary, that it had to be. That it was for my own good.



That little traitor.

2 comentários:

mitro disse...

Inside you...is me!

Porcelain Lenita disse...

:)) Among other less interesting things... :/